14.3.15

INDÚSTRIA DE PELLETS ELETROCUTADA!!!

No desenvolvimento de um estudo de viabilidade da produção de pellets no Brasil, vários fatores podem inviabilizar um projeto: logística, preço do frete, nível de automação, falta de tecnologia, baixa eficiência produtiva, estrutura portuária, não atendimento às normas Internacionais, custo da energia elétrica....a lista é grande. Não sei ao certo ainda, qual é o mais influente. Mas, suponho que a Indústria de Pellets de Madeira no Brasil (e outras) está sendo eletrocutada pelo altíssimo preço da energia elétrica praticada. De que adianta sermos um país de forte base Florestal se somos tão fracos na produção e distribuição da energia elétrica? Desse jeito, jamais conseguiremos produzir pellets com preços competitivos com os EUA e Canadá!

Brasil está entre os três países com energia elétrica mais cara do mundo!!!!!

O Sistema FIRJAN defende (e nós também) energia barata e de qualidade como fator essencial para a competitividade da indústria e para o desenvolvimento econômico do Brasil. Parabéns FIRJAN pelo belo trabalho comparativo que é essencial nessas discussões.






Postar um comentário