4.1.12

A Energia Líquida dos Pellets de Madeira

É fato que para a produção dos pellets de madeira "perde-se" muita Energia entre um processo e outro. A compactação da madeira se dá em muitas fases e cada uma delas "dissipa" energia. Estudos da Europa e dos Estados Unidos mostram, em  números, a exigência de energia de cada processo de pelletização. São números positivamente animadores, é verdade, porque talvez (no Brasil) não consigamos esses 71% líquidos (por "n" fatores). Mas esses números servem como parâmetro e META (inclusive) para a nossa potencial Indústria. Vale ressaltar que a maioria dos processos pode (e deve) utilizar-se de energia renovável: como a eletricidade (energia hidráulica); a secagem da madeira (biomassa dos galhos e cascas) e o transporte (Biodiesel). Tem um lema que li por aí que diz: "...Pellets de madeira: Bom pra você, bom para nossas florestas e bom para as futuras gerações...".
Postar um comentário